seo onpage seoAuditoria de SEO OnPage

Para bem administrar um site um blog é preciso ter conhecimento de algumas características mais técnicas da página a fim de melhorar o seu conteúdo bem como ampliar os acessos. Uma maneira de fazer isso é com a auditoria SEO. Ela se baseia em pontos importantes de um site a fim de obter relatório detalhado com os pontos positivos e os negativos da página. Desse modo serão expostas imagens de exemplo com otimizações possíveis para o site a fim de organizar os trabalhos posteriores. Na auditoria SEO OnPage analisa-se as estruturas das Urls, otimização HTML, estratégia de conteúdo, desempenho do site, navegação e arquitetura do site e linkagem interna.

Como surgiu esses tipos de análises afinal? O Google, criado em 1996, criou no ano seguinte o termo Seach Engine Optimization (SEO). Nos últimos dois ou três anos o termo e as análises se ampliaram, tanto que diversas empresas oferecem serviços de auditoria que analisam justamente o posicionamento do site nos mecanismos de busca.

Por que fazer auditoria SEO Onpage?

Mas por que fazer auditoria SEO em seu site? Com os dados obtidos a partir da auditoria é possível melhorar o planejamento do seu site, aonde todo o conteúdo tem objetivos específicos. As mudanças também podem ser de cunho estético (layout, diagramação do site, cores, etc.) e também estruturais (aonde cada menu se localiza, por exemplo). Isso melhora a qualidade do seu site e, consequentemente, a posição dele nas pesquisas.

Em qualquer projeto os relatórios são importantes, não seria diferente na produção de um site. Por isso é importante ter o mesmo em seu site, afinal se trata de um empreendimento que deve ser levado a sério.

Análise On-page

A análise On-page focará naquilo que a página possui: imagens, textos, formatação correta, palavras importantes e tudo que influencia a qualidade da página. É o que está visível à pessoa que acessa. Se tudo estiver organizado e de acordo com as intenções do site, os visitantes podem encontrá-lo muito mais rapidamente.

Desse modo relatórios de on-page são feitos se baseando no uso do site, tal qual um usuário faz ao acessar a página. São analisados menus, links internos das páginas, navegabilidade, formulários, tabelas, teste de compra de produtos e serviços. Todo esse processo visa encontrar possíveis erros em qualquer parte do site a solucioná-lo o mais rápido possível.

Na análise SEO on-page, podem ser feitas análises de problemas técnicos vistos ao longo do tempo e também alguns pontos de análise SEO: problemas on-site com visão geral, landing pages, dashboard, otimização mobile, páginas principais, page speed insights, entre outros.

Como Funciona auditoria SEO?

A auditoria pode abranger análise SEO on-page e off-page. Para isso, primeiramente é preciso ter um cronograma de atividades do seu site. É uma agenda que pode até mesmo ser importada do Outlook e do Google Calendar. Assim a pessoa que adquire um serviço de auditoria pode acompanhar as etapas. Esse cronograma precisa ser bem “sincero” quanto às metas, e expor somente o que de fato pode ser feito. Nada de metas inatingíveis. Pode ter periodicidade semanal.

Outro ponto muito importante da auditoria SEO são as palavras-chave. Apesar de não ser apenas isso, elas ainda são importantes KPI.

Todo o esforço precisa gerar resultados. Por isso é preciso obter de forma regular resumos gerais de um período com resultados, pendências, problemas, atividades, KPIs, etc. O serviço precisa ser realista e mostrar ao cliente de fato qual é o cenário em que seu site está inserido. Agora, para ser mais direto, vamos verificar quais informações devem estar em um relatório SEO:

 

  • Visão do ciclo SEO – qual a porcentagem de conclusão, principais tarefas, palavras-chaves e posicionamento delas, quais estão sendo trabalhadas, análise do consultor (sua opinião geral da situação do site).
  • Relatório de atividades – o que foi feito e o que está no planejamento, o que está pendente tanto do lado do cliente quando do lado do prestador.
  • Palavras-chave: relatório do posicionamento das palavras-chave, conversões (leads que se tornam receita), visões históricas, ou seja, o crescimento ou baixa em cada área, número de visitantes para as palavras-chave e landing page correspondente.
  • Reputação e gestão – quais são os conteúdos linkáveis e ativos, estratégias de reputação, pessoas prospectadas, sites levantados, links conquistados, histórico de perda e de ganho.
  • Otimização OnPage: os conteúdos criados, os otimizados, o que já foi feito e o que ainda precisa ser concluído além de relatório de alterações.
  • Conversões: conversões de último clique de SEO, como o SEO contribuiu para conversões, visão de conversões de long tail.
  • Visão do projeto – o que já foi conquistado, o quando de visitas já aumentou e quais os próximos passos.

 

Por que contratar?

Contratando uma auditoria SEO Onpage, com destaque para auditoria on-page, é possível saber como vai o seu site no que concerne sua estrutura, conteúdo e a visualização pelo usuário. Você não deseja que, ao fazer uma compra, por exemplo, o cliente se depare com um botão que não redireciona para a página correta. Com toda a certeza ele sairá do seu site e irá para o concorrente. Logo é importante contratar uma auditoria SEO especializada ou verificar as ferramentas disponíveis para realizar a análise.

De qualquer modo um site bem estruturado, com bom conteúdo, imagens atraentes, com palavras-chave bem escolhidas, termos em destaque, entre outras atribuições com toda certeza possuem mais cliques, geram mais leads e conversões. A fim de saber aonde é preciso melhorar e em quais pontos é preciso dispensar mais energia, verifique algumas ferramentas de análise SEO on-page.

Dicas de cinco ferramentas para auditar seu website

Vamos conhecer algumas ferramentas importantes de auditoria SEO on-page? Elas farão a diferença no seu site se usadas corretamente:

  1. On-page. org: é uma ferramenta gratuita no início e pode ser usada para fazer uma avaliação comercial do site como um tudo.
  2. WookRank: é um dos mecanismo mais conhecidos e ajuda a resolver problemas em uma mesma URL de forma rápida.
  3. Xenu’s Link Sleuth: ajuda a resolver os links quebrados ou páginas sem títulos. Trata-se de um crawler que faz uma varredura no site inserido, mostrando informações diversas. A interface é simples e encontra erros como time found e time out. Só é necessário colocar a URL do site e usar sempre o “http://” no início para que o funcionamento ocorra corretamente. Ela também verifica o tamanho das páginas e se há conteúdo duplicado.
  4. Traffic travis: é uma aplicação para desktop, com diversas ferramentas SEO gratuitas, uma delas concentrada na análise on-page. Com ele é possível identificar informações relevantes para o seu site como número de backlinks, PageRank, otimizações e outros itens importantes como descrições, títulos, imagens, imagens, entre outros.
  5. Screaming frog: semelhante ao Xenu, trata-se de um crawer mais detalhado. Dessa maneira o programa captura muitos mais links quebrados, fazendo um relatório completo deles. A varredura feita também acha erros 4xx e 5xx, além de problemas de ausência de título, redirecionamento, meta description, alt text em imagem e heading tags. Bastante completo, certo? O Screaming também executa relatórios diversos.

 

Mais dicas on-page:

Uma outra ferramenta interessante é a Deads-links.com. Ela procura os links quebrados no website, dando a possibilidade de trocá-los por outros atualizados. É péssimo para a página quando o visitante clica em algum link (seja interno ou externo) e ele vai para “lugar algum”.

Outra possibilidade é o Copyscape.com. Com ele você verifica que o conteúdo publicado em seu site está duplicado em outra página. Só é preciso colocar a URL que ele fará a busca usando o API do Google. Para quem trabalha com SEO, o Google pune websites com conteúdo igual, tirando do ar o que postou posteriormente.

Já o First Link Checker.com faz um relatório de links de uma URL, filtrando os conteúdos duplicados e expondo âncoras importantes. Ele analise outros detalhes relacionados aos links de uma determinada URL.

Já o Google Webmaster Tools é uma das mais usadas, e trata-se da ferramenta oficial do Google. Concede dicas de problemas com títulos, erros de crawling, meta descriptions, etc.

O Pingdom Tools permite o monitoramento de aplicativos e sites. Já o Pagespeed Insights avalia o tempo de carregamento e otimização em HTML/CSS/JS da página.

Escolhendo as ferramentas certas

Para realizar a sua primeira auditoria seo onpage, o ideal é imprescindível a escolha das ferramentas certas. Algumas delas se aplicam melhor em determinados sites, principalmente no que concerne o tamanho do seu projeto. No caso de dúvidas, consulte profissionais da área que pode fazer análise e auditoria on-page para o seu blog o site se forma rápida e profissional.

Com bons relatórios e disciplinado seu trabalho o seu site tem muitas chances de estar entre os mais buscados na sua área, gerando mais leads e conversões para a sua página. Busque corrigir os erros e manter o seu site organizado e atualizado para torná-lo ainda mais acessado.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.